Vivendo em Condomínio – Apresentação de casos verídicos condominiais

por Amanda Accioli

A partir de hoje, além dos textos que costumo escrever, irei discorrer sobre temas que chegaram até mim para que pudesse resolver dentro do jurídico consultivo condominial, através de um parecer, da redação de uma advertência, de uma multa, ou apenas uma consulta por telefone, mas que são assuntos corriqueiros dentro de um condomínio e que muitas vezes geram dúvidas para os síndicos e todo o corpo diretivo; eles serão temas reais, casos que eu realmente tive que enfrentar, e que, por mais simples que possam parecer, eles chegaram à minha mesa, ou seja, naquele momento em que fui procurada, a assessoria jurídica condominial foi fator importante para uma resolução correta do caso.

Viver em condomínios exige que as pessoas se adaptem a uma vida mais exposta a vizinhos, às divisões de áreas comuns e ao compartilhamento de ideias e opiniões, a dívida de condomínio, ou até mesmo o reajuste de aluguel, e isso muitas vezes gera conflitos de interesses e desarmonia entre todos.

Viver em condomínios, resulta também em conhecer e ser conhecido, ver e ser visto, e fatalmente terá de reformular alguns conceitos e padrões de comportamento.

A empatia é a principal ferramenta nessa busca por harmonia e bem-estar. É preciso colocar-se no lugar do outro e refletir, constantemente, sobre quais motivos levaram a estar ali. E, a partir disso, ver seu vizinho como a si próprio.

Conhecer as leis e normas de convivência também são fundamentais. Educação, tolerância e boas maneiras são a base de qualquer sociedade e tornam a convivência mais agradável e feliz, mas infelizmente nem todos entendem e agem desta forma, e por isso, uma assessoria jurídica permanente, focada na vida condominial é tão requisitada e realmente funcional.

É, eu confesso que, por mais que existam situações conflitantes nos condomínios, eu adoro eles! É um aprendizado que não pára nunca: direito, engenharia, RH, contabilidade, administração, psicologia, mediação… é exercitar todos os dias paciência e empatia.

Eu gosto tanto dos condomínios que, além de advogada na área, hoje também atuo como síndica profissional e tenho a humilde pretensão de passar através da palavra escrita, de forma curta e clara, um pouco do que já vivi vivendo e trabalhando em condomínios.

Abraços,

Amanda Accioli

Advogada Consultiva Condominial 

Síndica Profissional – Accioli Condominial

Leia Também

Deixe um comentário